(16) 3363-3012 faleconosco@eyetec.com.br
Correção do astigmatismo na cirurgia da Catarata

Correção do astigmatismo na cirurgia da Catarata

Os olhos são partes impressionantes do corpo. Apesar de serem pequenos, fazem muitas coisas importantes para nós: nos ajudam a ver e nos conectar com o que está ao nosso redor, mantém nossas mentes aguçadas e permitem nossa interação com as pessoas e coisas.

Ao longo do tempo, alterações dentro do olho podem causar alguns problemas afetando sua visão como, por exemplo, a presbiopia, astigmatismo e catarata.

Leia também: Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre As Principais Doenças Oculares!

 

O que é catarata?

A catarata é uma doença caracterizada pela perda de transparência do cristalino, lente natural cuja função é propiciar o foco da visão em diferentes distâncias.

Com o avançar da idade, as fibras do cristalino aumentam de espessura e de diâmetro, provocando a princípio presbiopia, a popular “vista cansada”.

E então, é como se a catarata fosse a fase seguinte desse processo – a lente natural, além de perder a elasticidade, torna-se opaca. Aos poucos, vai embaçando a visão até que a pessoa passa a enxergar apenas vultos e luzes, podendo ocorrer a cegueira.

O envelhecimento é a causa mais comum no surgimento da catarata no olho, porém não é a única.

Sintomas da catarata

Os sintomas de catarata são, habitualmente, os seguintes:

  • Visão turva ou “embaçada”;
  • Diminuição da sensibilidade às cores e ao contraste;
  • Visão dupla num olho (diplopia monocular);
  • Aumento da sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Alteração frequente dos erros refrativos, com mudança frequente de óculos;
  • Diminuição da visão noturna.

O que é astigmatismo?

Em termos simples, o astigmatismo é um problema derivado de uma córnea que se estendeu para um formato irregular.

Em vez de terem uma forma redonda, as córneas das pessoas com astigmatismo são muitas vezes oblongas, ou seja, apresentam um formato oval.
Isto provoca um erro refrativo, distorcendo a luz quando esta entra nos olhos. Como resultado disto as imagens ficam desfocadas.

Sintomas de astigmatismo

  • Visão embaçada;
  • Dificuldade para enxergar de perto;
  • Dificuldade para enxergar de longe;
  • Dores de cabeça e nos olhos;
  • Cansaço ocular;
  • Sensibilidade à luz, vertigem e enxaqueca em ambientes bastante iluminados (fotofobia);
  • Confundir letras ou números parecidos. 
  • Apertar os olhos para enxergar com nitidez, podendo levar a rugas na testa.

 

Cirurgia de catarata também corrige o grau?

De acordo com o estudo “Prevalence of corneal astigmatism before cataract surgery”, realizado em 2009 pela Universidade de Valência, Espanha, 87% dos pacientes operados de catarata apresentaram algum nível de astigmatismo.

Os avanços tecnológicos e da oftalmologia fizeram com que a cirurgia de catarata também pudesse corrigir os erros de refração, dependendo da escolha da lente intraocular que será implantada.

As lentes que podem corrigir a visão de perto e longe são as lentes multifocais ou trifocais e ainda existem as lentes teóricas para casos de astigmatismo. Assim, o paciente acaba tendo o benefício de se livrar dos óculos ao realizar a cirurgia de catarata.

Vale lembrar que o oftalmologista deve ser procurado sempre que houver qualquer alteração na capacidade visual ou sintomas nos olhos.
Entretanto, mesmo sem sintomas, é necessário um acompanhamento regular, para detecção e tratamento precoces de alterações que costumam surgir na visão ao longo da vida.

CONHEÇA A EYETEC!

A EYETEC é uma empresa 100% Brasileira!
Temos parcerias com os oftalmologistas mais renomados do mercado, colaborando com feedbacks e análises sobre nossos produtos. Produzimos e comercializamos equipamentos oftalmológicos de excelência e alta qualidade.

Contamos com uma linha completa de equipamentos para diagnóstico e estamos presentes na maioria das clínicas oftalmológicas, hospitais e instituições de ensino. Saiba mais, clicando aqui.



Gostou do conteúdo?
Continue acompanhando nosso Blog para mais informações e novidades.
Até a próxima! 🙂

Microscópio Especular de não contato Vorocell – equipamento preciso para o diagnóstico do endotélio e paquimetria!

Microscópio Especular de não contato Vorocell – equipamento preciso para o diagnóstico do endotélio e paquimetria!

O exame realizado pelo microscópio especular de não contato Vorocell é a microscopia especular da córnea, que tem como objetivo avaliar as células que revestem a camada profunda do olho, que são as células endoteliais, sendo possível detectar possíveis enfermidades da córnea.

Esse exame é bastante utilizado para acompanhamento de pacientes com lentes de contato, e avaliação pré e pós-operatórios de cirurgias de catarata, glaucoma, transplante de córnea, entre outras.

Com esse exame, o oftalmologista pode determinar protocolos para proteger as células do endotélio e prevenir possíveis complicações cirúrgicas.

Saiba mais em Microscopia Especular da Córnea – tudo o que você precisa saber sobre esse exame!”

 

Microscópio Especular de não contato Vorocell

O microscópio especular de não contato Vorocell foi desenvolvido para capturar imagens das células endoteliais da córnea, que são processadas pelo software de forma automática.

Com o Vorocell é possível capturar uma sequência de até 300 imagens de maneira muito rápida, selecionando e processando quantas imagens o usuário desejar, resultando em uma média dos valores obtidos.

A sequência de imagens do endotélio é ampliada em 200 vezes, proporcionando mais liberdade ao médico na escolha da região a ser processada.

O laudo completo pode ser impresso com as imagens, curva com relação a idade, gráficos de polimorfismo e polimegatismo bem como os dados histológicos e estatísticos.

 

Equipamento com alta tecnologia aplicada

  • Processa várias imagens (média).
  • Regulagem precisa da intensidade da luz.
  • Impressão de mapas coloridos e laudas em PDF.
  • Possibilidade de editar, adicionar ou remover células.
  • Processamento inteligente com algoritmo rápido e confiável.
  • Software em português com contagem automática ou manual.

 

Equipamento com hardware completo

  • Equipamento de não contato.
  • Hardware e software que seguem as referências internacionais.
  • Botão de captura joystick.
  • Velocidade da câmera de 60 frames por segundo.
  • Área fotografada de 0,25 mm – 0,54 mm (ajustável).
  • Captura de imagem em qualquer região da córnea.
  • Ajuste linear da luz de fenda para cada tipo de córnea.

 

O microscópio especular de não contato Vorocell é um equipamento preciso para o diagnóstico do endotélio e paquimetria, está disponível para venda e locação, com assistência técnica permanente.

Somos a única empresa nacional que oferece assistência técnica preventiva e corretiva permanente!

 

Eyetec pioneira no Brasil no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

A Eyetec é uma empresa brasileira, com capital 100% nacional, idealizada dentro da Universidade de São Paulo (USP) por engenheiros, técnicos e pesquisadores. Somos pioneiras no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

Desde o lançamento de nosso primeiro produto, o oftalmoscópio binocular indireto, estamos ganhando destaque e reconhecimento entre os profissionais da área.

Em nosso portfólio, contamos com uma linha completa de equipamentos para diagnóstico de doenças oculares, presentes na maioria das clínicas oftalmológicas, hospitais e instituições de ensino.

Temos parcerias com os oftalmologistas mais renomados do mercado, colaborando com feedbacks e análises sobre nossos produtos!

Com constantes investimentos conseguimos competir em igualdade com empresas multinacionais!

Em nosso site você pode conferir todas as especificações técnicas do microscópio especular de não contato VOROCELL.

Acompanhe nossas redes sociais e não fique de fora das novidades! 😊

O uso de lentes de contato para o controle de doenças na córnea

O uso de lentes de contato para o controle de doenças na córnea

O uso de lentes de contato é uma forma eficiente para oferecer qualidade visual aos pacientes, mas para isso é preciso que tenha acompanhamento de um especialista.

As lentes de contato também são utilizadas para o tratamento de algumas doenças que afetam a córnea, por exemplo, o ceratocone.

O ceratocone é uma doença causada pelo afinamento da córnea, que assume um formato de cone.

À medida que a córnea se afina, o paciente percebe uma baixa acuidade visual, que pode ser de moderada a severa, dependendo da quantidade de tecido corneano afetado.

Os pacientes que têm ceratocone precisam tomar alguns cuidados:

  • Manter consultas regulares ao oftalmologista para ajustar as lentes de contato.
  • Evitar coçar os olhos.
  • Aplicar compressas frias em crise de coceira ou sensação de areia nos olhos.
  • Usar colírio com corticoide sob prescrição médica para evitar risco de glaucoma.
  • Interromper o uso de antialérgico caso use lentes e sinta os olhos ressecados.
  • Fazer o polimento semestral das lentes com o oftalmologista pera eliminar resíduos que possam deformar a superfície.
  • Usar óculos escuros com proteção ultravioleta em locais ensolarados.

É uma doença rara e de caráter hereditário, sua evolução é lenta e se manifesta mais entre os 10 e 25 anos, podendo progredir até aproximadamente os 40 anos ou estabilizar-se com o tempo.

Você pode ler mais sobre as doenças que podem afetar a córnea em Ectasias da córnea”.

 

Como as lentes de contato podem ajudar no tratamento do ceratocone?

O tratamento do ceratocone tem ganhado muito destaque nos últimos anos, e pode envolver diversas medidas, que vão de colírios especializados às cirurgias corretivas. Em muitos casos o uso de lentes de contato especiais ajuda a amenizar a deformação da córnea e restabelece a visão normal do paciente.

Novas lentes de contato com materiais e curvaturas com mais tecnologia e sofisticação, permitem aos portadores de ceratocone maior qualidade da visão.

Qualquer que seja o método de tratamento do ceratocone, o objetivo é a estabilidade e a melhora na visão.

Se na fase inicial do ceratocone os óculos não forem capazes de melhorar a visão, é possível o uso de lentes de contato.

 

Lente escleral

Existem vários tipos de lentes de contato, a mais recente é a lente escleral, que tem potencial de oferecer conforto visual aos pacientes que possuem o ceratocone.

Devido ao seu material, a lente escleral oferece maior adaptabilidade para o paciente, oferecendo maiores chances de sucesso no tratamento.

Essa lente tem maior diâmetro e se acomoda na parte branca dos olhos, e não na córnea.

As lentes de contato escleral podem ser uma opção bem eficiente para casos graves de ceratocone, pois sua modelação tem como objetivo corrigir até as deformações mais importantes da córnea.

Em casos que as lentes convencionais não tiveram os resultados esperados, as lentes de contato escleral, podem oferecer excelentes resultados, evitando procedimentos mais invasivos e perigosos.

A adaptação das lentes de contato no tratamento do ceratocone já é percebida nas primeiras horas de uso, mas é preciso estar atento e acompanhar se a esclera altera sua cor ou se a visão fica embaçada, para evitar uma possível hipóxia da córnea.

É importante se atentar a higiene e o correto posicionamento das lentes de contato escleral.

As lentes de contato só devem ser utilizadas para o tratamento do ceratocone com a recomendação de um oftalmologista.

 

Eyetec pioneira no Brasil no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

A Eyetec é uma empresa brasileira, com capital 100% nacional, idealizada dentro da Universidade de São Paulo (USP) por engenheiros, técnicos e pesquisadores. Somos pioneiras no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

Desde o lançamento de nosso primeiro produto, o oftalmoscópio binocular indireto, estamos ganhando destaque e reconhecimento entre os profissionais da área.

Em nosso portfólio, contamos com uma linha completa de equipamentos para diagnóstico de doenças oculares, presentes na maioria das clínicas oftalmológicas, hospitais e instituições de ensino.

Temos parcerias com os oftalmologistas mais renomados do mercado, colaborando com feedbacks e análises sobre nossos produtos!

Com constantes investimentos conseguimos competir em igualdade com empresas multinacionais!

Em nosso site você pode conferir mais sobre os nossos produtos.

Acompanhe as nossas redes sociais e não fique de fora das novidades! 😊

 

Tudo o que você precisa saber sobre as principais doenças oculares!

Tudo o que você precisa saber sobre as principais doenças oculares!

As doenças oculares são problemas oftalmológicos causados por inúmeros motivos, que vão desde causas genéticas até os maus hábitos do dia a dia.

A visão é um dos sentidos mais importantes que possuímos, e é responsável por 85% das atividades processadas pelo cérebro.

No Brasil, o último Censo Demográfico (IBGE 2010) identificou mais de 35 milhões de pessoas com a algum grau de dificuldade visual.

Para que a nossa visão se mantenha saudável é importante que tenhamos cuidados com os olhos, que são órgãos compostos por tecidos sensíveis.

Boa leitura! 😊

 

Conheça as principais doenças oculares

No Brasil, a maior parte dos atendimentos feitos pelos oftalmologistas são devidos às principais doenças oculares.

Catarata, glaucoma, retinopatia diabética, degeneração macular relacionada à idade, conjuntivite e erros de refração são as principais doenças oculares.

 

Catarata

A catarata é uma doença que deixa a visão embaçada, pois o cristalino perde a transparência. Inicialmente pode passar despercebida, mas se não tratada corretamente pode causar cegueira.

É uma doença que pode aparecer precocemente em pessoas portadoras de diabetes, que não cuidam dos níveis de glicemia.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) a catarata é responsável por 47,8% dos casos de cegueira no mundo, atingindo principalmente a população mais idosa.

O diagnóstico da catarata é clínico, realizado durante uma consulta oftalmológica e o tratamento é cirúrgico.

Esse procedimento é realizado através da Facectomia, onde o cristalino é retirado através de uma cânula, que o dilui e retira através de uma aspiração. Após, é implantado a lente intraocular, que desempenhará as mesmas funções do cristalino.

A recuperação é rápida e sem dor!

 

Glaucoma

A principal característica do glaucoma é o aumento da pressão intraocular que lesiona o nervo óptico, ocasionando a perda progressiva da visão periférica. É uma doença que não apresenta sinais em sua fase inicial.

O glaucoma afeta principalmente a população idosa, mas também pode ser causada pelo uso excessivo de corticoides e doenças da retina.

O diagnóstico do glaucoma crônico, que é o tipo mais comum da doença, é feito em consulta com o oftalmologista, já que na maioria das vezes não apresenta sintomas até as fases mais avançadas. Já o glaucoma agudo, os pacientes sentem forte dor ocular e visão embaçada.

O tratamento para o glaucoma, independentemente do tipo, é feito com colírios, que ajudam a diminuir a pressão intraocular. Em alguns casos, podem ser tratados com laser e a cirurgia é indicada apenas para casos mais avançados, que não obtiveram resultados com o tratamento clínico.

O glaucoma é uma doença crônica, ou seja, não tem cura, mas o tratamento adequado é importante para evitar a evolução da doença, que em casos graves pode causar a cegueira.

 

Conjuntivite

A conjuntivite é uma das doenças oculares com tratamento clínico feito à base de colírios, que podem variar de acordo com o tipo da conjuntivite.

É uma doença que causa a inflamação da conjuntiva, que é uma membrana de revestimento da parte anterior do olho.

Pode ser de origem infecciosa, alérgica ou química. Quando é de origem química, é importante que os olhos sejam lavados com água ou soro fisiológico.

Os principais sintomas da conjuntivite são vermelhidão, secreção, inchaço das pálpebras e sensação de algo estranho nos olhos.

É uma doença que pode ocorrer em qualquer idade e não tem uma população de risco, exceto a de causa química, que são mais frequentes em pessoas que têm contato direto com produtos como ácidos ou cáusticos.

Para a conjuntivite infecciosa, é preciso evitar o contato com pessoas contaminadas e aumentar a higiene (lavar as mãos com mais frequência, usar álcool para a desinfecção de objetos, não compartilhar itens como toalhas de rosto, maquiagem, etc).

 

Retinopatia Diabética

Retinopatia diabética é quando ocorre o excesso de glicose no sangue e danifica os vasos sanguíneos dentro da retina, que é a região responsável por enviar as imagens formadas para o cérebro. É uma doença que afeta os dois olhos e se não tratada corretamente pode levar à cegueira irreversível.

Geralmente, a retinopatia diabética se manifesta pela diminuição progressiva ou subitamente da visão.

Os pacientes de diabetes tipo 1 e 2 devem manter sob controle os níveis glicêmicos e fazer o exame de fundo de olho pelo menos uma vez ao ano, isso evitará problemas mais sérios de visão.

O tratamento dessa doença é o controle rigoroso da diabetes, através da alimentação, atividades físicas e o uso correto dos medicamentos.

 

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

A maculopatia degenerativa ou degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é considerada uma das principais causas da perda de visão de um ou dos dois olhos em pacientes acima de 65 anos.

Está dividida em duas formas:

  • Seca: representa cerca de 90% dos casos e tem uma progressão mais lenta. Acontece quando não ocorre o derrame de fluido e sangue na retina.
  • Úmida: representa cerca de 10% dos casos e tem uma progressão mais rápida. Alguns vasos sanguíneos anormais crescem debaixo da retina, podendo derramar fluido e sangue na retina, ocasionando edemas e danos na mácula.

Nos estágios iniciais, a doença não apresenta sintomas e o diagnóstico pode ser obtido através do exame de fundo de olho e consultas regulares ao oftalmologista.

Em estágio mais avançado, o paciente pode perceber distorções em imagens e a visão central fica escura. Normalmente, esse paciente é submetido a tratamentos à base de injeção de antiangiogênicos intraoculares.

Nada substitui o diagnóstico de um oftalmologista, mas alguns cuidados do dia a dia podem fazer a diferença na saúde de nossos olhos.

 

Erros de refração

Os erros de refração também são considerados uma das principais doenças oculares.

A refração é a passagem de luz de um meio para o outro, o mesmo acontece com os olhos ao receber a luz, que passa do meio exterior para o interior dos olhos.

Quando falamos em refração no estudo dos olhos, é para analisar se eles possuem a focalização adequada, formando imagens nítidas.

Um olho que não é capaz de produzir imagens nítidas / focadas, são chamados de portadores de vícios de refração.

Esses vícios são conhecidos como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

 

Hipermetropia

Quando o olho é menor do que o normal, cria uma condição de dificuldade para que o cristalino focalize na retina os objetos próximos aos olhos.

 

Miopia

Quando os olhos podem ver objetos que estão perto, mas não conseguem enxergar claramente os objetos que estão longe.

 

Astigmatismo

Quando diferentes curvaturas corneanas ou por irregularidades na córnea, formam a imagem em planos diferentes o que ocasiona a distorção.

 

Presbiopia

É uma doença que também é conhecida por “vista cansada”, manifestando-se após os 40 anos, é caracterizada pela dificuldade de enxergar de perto e de longe.

 As doenças oculares causadas pelos erros de refração podem ser tratadas por correção óptica, com o uso de óculos ou lentes de contato. Em alguns casos, pode ser indicado algum procedimento cirúrgico.

 

É importante manter as consultas regulares ao oftalmologista, com isso, é possível diagnosticar precocemente as doenças e aplicar o tratamento correto.

 

 

Conheça a Eyetec!

Em nosso portfólio, contamos com uma linha completa de equipamentos para diagnóstico de doenças oculares, presentes na maioria das clínicas oftalmológicas, hospitais e instituições de ensino.

Temos parcerias com os oftalmologistas mais renomados do mercado, colaborando com feedbacks e análises sobre nossos produtos!

Com constantes investimentos conseguimos competir em igualdade com empresas multinacionais!

Para mais informações de especificações, catálogos ou atendimento, acesse nosso site www.eyetec.com.br.

 

Microscopia Especular da Córnea – tudo o que você precisa saber sobre esse exame!

Microscopia Especular da Córnea – tudo o que você precisa saber sobre esse exame!

O exame de microscopia especular da córnea tem como objetivo avaliar as células que revestem a camada profunda do olho, que são as células endoteliais, sendo possível detectar possíveis enfermidades da córnea.

A córnea é responsável por focar, captar luz e proteger os olhos. Em sua estrutura não há vasos sanguíneos, mas existem diversas terminações nervosas.

Várias doenças oculares podem afetar a córnea, fazendo com que ela fique opaca ou causando irregularidades em sua forma ou superfície, por exemplo, a catarata e o ceratocone. Além disso, trauma no olho, queimaduras por substâncias químicas, entre outras também podem causar problemas na córnea.

Uma córnea saudável é aquela que não apresenta opacidade e que sua curvatura permite a formação de imagens nítidas.

 

O que é o exame microscopia especular da córnea?

O exame de microscopia especular córnea verifica a densidade e a qualidade das células presentes no endotélio corneano.

O endotélio da córnea é uma camada de células que reveste a superfície posterior da córnea, seu papel fundamental é manter a hidratação da córnea através do sistema de transporte ativo de íons. Quando esse processo não ocorre da maneira correta, devido a danos no endotélio, as células da córnea perdem a transparência, o que compromete a visão.

Teoricamente, as células endoteliais não se regeneram, e com o passar dos anos, ocorrem mudanças celulares, o que pode ocasionar lesões na córnea, então é fundamental proteger essa camada de células.

A degeneração das células endoteliais agrava algumas doenças corneanas e do globo ocular. Em casos mais graves de destruição das células, é indicado que seja realizado o transplante de córnea para restituí-las.

Com isso, o exame de microscopia especular da córnea se torna fundamental, pois avalia a degeneração ou a distrofia das células do endotélio.

É importante ressaltar que o exame não leva em consideração apenas a quantidade dos organismos celulares, mas também a qualidade deles.

 

Como é realizado o exame Microscopia Especular da Córnea?

Para a realização do exame o paciente é colocado de frente para o microscópio digital que registrará a imagem do endotélio, aumentando-a em milhares de vezes.

Através da análise computadorizada da imagem refletida na parte posterior da córnea, é possível analisar as células de acordo com as áreas, formatos, tamanhos e se o endotélio está saudável.

É um exame indicado para pacientes que serão submetidos a procedimentos cirúrgicos como:

  • Correção de catarata.
  • Glaucoma.
  • Transplante de córnea.
  • Degenerações e distrofias da córnea.

Ou também para:

  • Pré-operatório de cirurgias intraoculares.
  • Adaptação de lentes de contato.
  • Edema de córnea.
  • Cicatrizes e opacidade da córnea.
  • Trauma corneano.
  • Pré-operatório de cirurgia refrativa.

O exame de microscopia especular da córnea é indolor e tem duração média de 20 minutos.

 

Eyetec pioneira no Brasil no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

A Eyetec é uma empresa brasileira, com capital 100% nacional, idealizada dentro da Universidade de São Paulo (USP) por engenheiros, técnicos e pesquisadores. Somos pioneiras no desenvolvimento de equipamentos oftálmicos!

Desde o lançamento de nosso primeiro produto, o oftalmoscópio binocular indireto, estamos ganhando destaque e reconhecimento entre os profissionais da área.

Em nosso portfólio, contamos com uma linha completa de equipamentos para diagnóstico de doenças oculares, presentes na maioria das clínicas oftalmológicas, hospitais e instituições de ensino.

Temos parcerias com os oftalmologistas mais renomados do mercado, colaborando com feedbacks e análises sobre nossos produtos!

Com constantes investimentos conseguimos competir em igualdade com empresas multinacionais!

Em nosso site você pode conferir mais sobre os nossos produtos.

Se você tem alguma dúvida sobre as doenças que podem afetar a córnea, deixe seu comentário que teremos satisfação em ajudar!

 

Acompanhe as nossas redes sociais e não fique de fora das novidades! 😊